terça-feira, 9 de agosto de 2016

O canto da revolução

                                                                                

Autor: Sandro Ari Andrade de Miranda, advogado, mestre em Ciências Sociais.

Não haverá revolução sem poesia.
O revolucionário é o artista de um mundo novo,
construído com sonhos e esperanças,
com o desejo infinito de liberdade…

Não haverá revolução sem música.
A luta revolucionária é a partitura
de um canto que nasce da nossa alma,
transcendendo aos limites acreditáveis.

Não existe revolução sem amor,
sem a força dos sentimentos que irradiam
o brilho da aurora transformadora.

A revolução é a semente igualdade,
da solidariedade que alimenta os corações,
dando voz aos que não desistem da caminhada…

(Com o Diário Liberdade)

Nenhum comentário :