quinta-feira, 13 de julho de 2017

Projeto Rondon festeja 50 anos com atividades socioeducativas em Belo Horizonte

                                                                            Bellini Andrade/Studium Eficaz

Fátima de Oliveira
Em solenidade em Belo Horizonte, no último dia 8 de julho, o Projeto Rondon Nacional e o Instituto Projeto Rondon Minas, celebraram 50 anos e 12 anos, respectivamente, de atividades socioeducativas, homenagendo rondonistas, instituições públicas e privadas e parceiros.

Hoje é projeto é uma organização não governamental(ONG) do terceiro setor que atua, desde 2005,  com empreendedorismo social e voluntariado em várias temáticas. O principal objetivo é promover o desenvolvimento social com responsabilidade socioambiental tendo como foco comunidades carentes e em situação de vulnerabilidade social.

O juiz Auxiliar do Supremo Tribunal Federal (STF), Paulo de Tarso Tamburini, participou da abertura da temporada das comemorações, representando a ministra Carmem Lucia, madrinha do evento, relatando, com bom humor, sua frustração por não ter participado do projeto quando estudante de Direito. "O trabalho do rondonista vai muito além da força humana, além da caridade. Eles se envolve e se doa, de coração e alma”.

O presidente do Projeto Rondon Nacional, Ruy Montenegro, destacou dois projetos que serão implementados, a partir deste ano, e em caráter permanente em todo o país. “O primeiro, denominado Educação Para a Vida é destinado aos alunos do ensino médio e fundamental e o segundo, intitulado Formação de Líderes, será feito em parceria com as instituições de ensino superior e no formato de ensino a distância”.

 A presidente do Projeto Rondon Minas,  a professora Mônica Abranches, abordou o caráter socioeducativo do projeto e as mudanças de comportamento que ele proporciona aos envolvidos. “Os alunos retornam das cidades sabendo o significado da palavra cidadania e todo este trabalho só é possível graças ao grande número de voluntários e de parceiros. O projeto Rondon é cidadania pura a serviço de quem precisa”, enfatizou.
                                                                    Bellini Andrade/Studium Eficaz
O Projeto Rondon é a maior iniciativa de voluntariado universitário do país e mais de 300 mil alunos já participaram. Agora em 2017, a equipe do Projeto Rondon Minas atuará em cerca de 30 cidades distribuídas nos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, no Norte e região central do Estado. Ao todo, serão 400 voluntários capacitados, entre estudantes de instituições de ensino superior, professores, funcionários de universidades, profissionais técnicos de organizações da sociedade civil e de instituições públicas.


Nenhum comentário :