quarta-feira, 20 de outubro de 2010


QUINTAS DA VIOLA - DIA 21 DE OUTUBRO


EMERSON BASTOS, BETO LINO & PAULINHO DE CARVALHO
Pizza Bar - Av. do Contorno, 1.636 - Floresta
Sempre a partir das 20 horas - Ingresso: R$10,00
Informações: 3274.3136 - 8893.7806 - 8474.2050
Reservas de mesa – 3274.3136

EMERSON BASTOS

Contador de causos, ator, declamador popular e apresentador de eventos, nascido em Belo Horizonte, viaja por este Brasil mostrando um pouco de histórias, causos e cordéis.
Desde cedo, convivendo com poetas mineiros e nordestinos, Emerson Bastos, se encantou com a diversidade da cultura popular brasileira e se destacou na interpretação de grandes obras. Ganhou o concurso da Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte, como melhor contador de Histórias para Adultos e participou de dois CD´s : “Curriola Mineira Mostra sua Cara” e “Boa Companhia”, do Poeta Paulinho Andrade.
Está se preparando para o lançamento do seu CD em 2011.

BETO LINO

Natural de Belo Horizonte, é violinista e compositor, dono de um aflorado bom gosto e de um estilo ímpar de puro encantamento ao executar seu violão, pela habilidade e precisão onde revela relacionamento de cumplicidade com aquele que escolheu para parceiro fiel nas horas de inspiração.
Beto Lino vem registrando sua arte em CD’s, como “Canto das Águas”, de Efraim Maia; “Saudade Danada”, de João Caipó; “Curriola Mineira”, com vários artistas mineiros; e em uma coletânea do músico Belchior, produzido pelo próprio artista, com interpretação de Zeca Costa, entre muitos outros.E como instrumentista, acompanhando grandes nomes da música mineira, como as cantoras Celinha Ferreira, Mônica Dalmázio, Marília Galvão e Tânia Marques; e os cantores Nem Viana, Efraim Maia, Vilson Balbino e Edson Cantuária, dentre outros.
A fim de aperfeiçoar sua arte, Lino já passou pela batuta de vários mestres como: Rogério Leonel (Harmonia); Don Vaz (Divisão rítmica); Alexandre Piló (Violão Clássico) e José Dias (Harmonização e improvisação).

Atualmente Belo Lino está às voltas com a produção do seu primeiro CD instrumental, onde registrará composições próprias, já consagradas em diversos festivais de musica do gênero, que além de prêmios lhe renderam prestigio e reconhecimento

PAULINHO DE CARVALHO

Nasceu em Betim, é historiador, professor de artes, canto/coral, músico e cantor. Exímio violeiro fez vários cursos direcionados a alunos com deficiências múltiplas no instituto Benjamin Constant (RJ), técnica vocal e Músico-terapia na Educação Especial pela UFMG.
Paulinho, que tem uma vasta experiência musical, e que é hoje um dos mais respeitados dentro da galeria dos artistas mineiros, betinenses, vem reunindo contos, cantos e composições próprias, dando voz a personagens, evidenciando lugarejos, resgatando a memória e a história da cidade de Betim e nossas Minas Gerais.
O cantador Paulinho de Carvalho canta as vicissitudes humanas, que são universais, e sofreu influências de nomes como Elomar Figueira de Melo, Xangai, Vital Farias, Juraildes da Cruz, Dorival Caimy, Saulo Laranjeira, Tom Jobim, Rolando Boldrin, Dércio Marques, Pena Branca e Xavantinho, entre outros.
Fez várias apresentações musicais com Frei Chico, trinando pelos palcos brasileiros em “Contos e Cantorias”, belos encontros, desde 1983. Paulinho apresentou em vários programas de TVs, rádios, teatros, universidades, bares, festas, etc.
Tem quatro CDs gravados: “Contos e Cantorias” (1993), "Portal dos Sertões" (1995), “Artesanal” (2000) e o Projeto "Cururu"(CD em 2005 e livro em 2008). O CD está encartado junto ao livro Projeto Cururu " Indelével a Nossa História," escrito por ele.
Seu repertório inclui composições próprias, musica regional, MPB, canções e causos caipiras, em apresentações onde a viola e violões temperados harmoniosamente, transportam os ouvintes para um universo de arte e de encanto.

Próximos Shows:
Dia 28 de outubro – TRIO VIOLA DE MINAS
Dia 04 de novembro – MILTINHO EDILBERTO

Produção: Luiz Trópia & Tadeu Martins

Nenhum comentário :