sábado, 2 de janeiro de 2016

Diário de Anne Frank publicado sem autorização


 

Anne Frank, oriunda de uma família judaica alemã que se viu forçada a abandonar a Alemanha, refugiando-se na Holanda, quando Hitler subiu ao poder e deu início a uma política de perseguição e extermínio de judeus, usou o seu diário para descrever o seu dia-a-dia num anexo dissimulado na casa da sua família em Amesterdão, no qual viveu escondida de junho de 1942 a agosto de 1944, até serem descobertos e levados para os campos de concentração.

Descoberto pelo seu pai, o único sobrevivente da família, o diário foi publicado pela primeira vez em 1947, em holandês.

O Fundo Anne Frank, com sede em Basileia, na Suíça, detém os direitos de publicação da obra e revelou à AFP que tinha sido enviada uma carta a ameaçar com ações legais caso o livro fosse publicado sem autorização. (Com o Jornal de Notícias)

Nenhum comentário :