terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Brasil atinge máximo histórico de desemprego em 2016

                                                               
Uma média de 12,3 milhões de pessoas no Brasil procuravam emprego ao fechar o último trimestre de 2016, e a taxa desocupação atingiu um máximo histórico de 12 por cento, informaram hoje fontes estatais.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) deu a conhecer que o dado do desemprego em outubro-dezembro de 2016 é 36 vezes superior a igual período de 2015, onde tinha 3,3 milhões de desempregados.

Isto representou um aumento de três pontos percentuais com respeito ao último trimestre de 2015 -que se localizou em um nove por cento- e quase duplicou a cifra de 2014, situada em 6,5 por cento, esclareceu o texto.

Segundo ele o desemprego na nação teve um aumento sustentado o passado ano apoiado pelas demissões das empresas depois de dois anos de recessão.

Para 2017 prevê-se que esse indicador continue em ascensão porque a criação de postos trabalhistas não se corresponde com a demanda a cobrir, e em opinião dos especialistas, poderia atingir 13,4 por cento nos três primeiros meses do ano.

O texto afirmou que os salários ajustados à inflação subiram 0,8 por cento com relação ao terceiro trimestre a 2,043 reais (658,20 dólares) mensais, em média.

Na média de pessoas que procura emprego só se contempla aquelas inscritas oficialmente.

(Com Prensa Latina)


Nenhum comentário :