segunda-feira, 10 de abril de 2017

Governo do ES diz que jornalista é batedor de release

                                                                   

O Governo do Espírito Santo lembrou, no último dia 7, o Dia do Jornalista, mas de forma desastrada. A publicação acabou ofendendo a classe: em post divulgado na fan page da oficial da instituição, os jornalistas foram chamados de “batedores de release”.

Segundo o Portal Comunique-se, a publicação ofendeu a classe: em post divulgado na fan page da oficial da instituição, os jornalistas foram chamados de “batedores de release”.

A publicação – que foi retirada do ar por volta das 11h40 – continha um gif com um macaco furioso socando o notebook a sua frente. A imagem veio acompanhada da frase “hoje é dia do batedor de release. Parabéns, amigos jornalistas. Hoje é o nosso dia!”. O post gerou série de críticas na rede social e profissionais da classe publicaram textos acompanhados da tag #naosomosbatedoresderelease.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Espírito Santo (Sindijornalistas-ES) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) lamentaram o ocorrido e repudiaram a atitude do Governo do ES na publicação. Para as entidades, a instituição ignorou “toda a formação ética e social dos profissionais responsáveis por levar informação de qualidade à sociedade” e menosprezou a capacidade dos jornalistas em suas atividades.

Segundo o site G1, duas jornalistas responsáveis pela publicação no Facebook foram demitidas pelo Governo do ES. Por volta de 12h40, também por meio da fan page, a superintendente de Estado de comunicação, Andréia Lopes, se pronunciou em primeira pessoa pedindo desculpas aos profissionais da classe pelo post.

Veja o 

“PEDIDO DE DESCULPAS”

Peço desculpas publicamente em nome da Superintendência Estadual de Comunicação e do Governo do Espírito Santo pelo post absurdo publicado em nossas redes sociais em referência ao Dia do Jornalista, na manhã desta sexta-feira (07). Eu e minha equipe também nos sentimos ofendidos com essa publicação, que não nos representa, não representa a classe jornalística e o respeito que cada um dos profissionais merece. 

Como jornalista há 19 anos, profissão a qual me dedico com muito orgulho, eu também me sinto envergonhada e indignada com o desastre da abordagem num dia tão especial para todos nós. Nada justifica. Estava justamente reunida com nossos jornalistas que integram a Rede de Comunicação do Governo quando fui surpreendida com a notícia da publicação.

Pedi imediatamente para que o post fosse retirado do ar, mas, como sei que isso não basta, fiz questão de pessoalmente me retratar publicamente com os colegas de profissão, que têm todo o respeito e admiração pelo trabalho diário que desempenham.

Esse post definitivamente também não reflete o sentimento do Governo do Espírito Santo. Os jornalistas são profissionais essenciais para a democracia, são os olhos e a voz da sociedade, são motivo de orgulho, e não de brincadeiras que não têm nenhum tipo de explicação aceitável para que tenham sido feitas.

Andréia Lopes

Jornalista, Superintendente de Estado de Comunicação”.

(Com a ABI)

Nenhum comentário :