quinta-feira, 27 de julho de 2017

Cuba sediará próximo Encontro do Foro de São Paulo

                                                                                Sergio Alejandro Gómez


MANÁGUA, Nicarágua.– Os mais de 300 delegados presentes no 23º Encontro do Foro de São Paulo receberam, em 18 de julho, com um aplauso, a designação de Cuba como sede da reunião do próximo ano dos partidos da esquerda e progressistas da região.

«É um presente de aniversário», disse ao Granma a secretária executiva do mecanismo de concertação, Mónica Valente, após salientar o papel do líder histórico da Revolução Cubana, Fidel Castro, na fundação do Foro em 1990, junto ao líder brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva.

 «Sempre que há reuniões ou encontros em Cuba saímos com muita mais força, alegria e determinação», acrescentou Valente. E se mostrou confiante de que o 23º Encontro em Havana servirá de reforço ideológico para os militantes.

O chefe da delegação da Ilha a esse encontro em Manágua, José Ramón Balaguer, membro do secretariado do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba, declarou a este jornal que a escolha de nosso país como sede é «uma grande honra e uma grande responsabilidade» no momento que vive a região.

«Estamos convocando à unidade dos partidos para lutar pelo mundo melhor que necessitamos, que queremos e que vamos conquistar», indicou Balaguer.

Em Cuba tiveram lugar várias atividades do Foro de São Paulo. Em 1993 foi efetuado o 4º Encontro, com a assistência de 112 partidos e movimentos políticos membros, 25 observadores da América Latina e o Caribe, e outros 44 observadores da América do Norte, Europa, Ásia e África, para um total geral de 181 forças políticas de todo o mundo.

O Foro regressou à capital cubana, em dezembro de 2001, para seu 10º encontro, que contou com a presença de 518 delegados de 81 países da América, Europa, Ásia, África, Oriente Nédio e a Austrália, representantes de 74 partidos e movimentos políticos membros, e 127 partidos e organizações convidadas.

Nos últimos 27 anos têm se efetuado várias reuniões do Grupo de Trabalho, a última delas em abril do ano 2013, com um alto nível de participação.

(Com o Granma)

Nenhum comentário :