segunda-feira, 17 de julho de 2017

Tempo detonado

                                                               


 José Carlos Alexandre                                                               

Foi detonada ha´muito a legislação que previa o tempo máximo de espera em fila de banco de 15 minutos. 

São as tais de "leis que não pegam".

Ontem foi dia 17.

Entramos na agência da Caixa Econômica no Bairro...às 15h21 .Saímos às 16h32.

Ao meu lado a cliente M. L., ainda jovem, porém reclamando de fortes dores, ligou para sua mãe pedindo um medicamento que precisa tomar .

E ainda tomou bronca do guarda que lhe apontou a placa proibindo o uso de telefones móveis no banco...

Meia hora depois, com a agência bancária  já fechada, foi chamada para pegar, na entrada o remédio que a mãe levara.

À minha  frente  um senhora aparentando idade avançada, chegou a ler o exemplar de ontem da Folha de  S.Paulo, incluindo editorias, artigos e o Painel...

O tempo parecia estacionado, enquanto uma funcionária ,virada para a aflita clientela, parecia estar-se deliciando com o uso do computador...

Ninguém mais acreditava que deixaria a agência tão cedo...

E foi o que aconteceu, apesar da  gentileza no atendimento às mesas...

O ocorrido foi num estabelecimento do governo...

Não podemos nem pensar no que ocorre num banco privado...

Se Neste país houvesse um Banco Central sério...

Ou quem realmente fizesse cumprir a legislação, como os Procons...

Tudo poderia ser bem melhor, mesmo sem Parlamentarismo...


Nenhum comentário :