quarta-feira, 5 de julho de 2017

Barrar as provocações

                                                  
José Carlos Alexandre
Não está na agenda dos chefões das principais nações que se reunião esta semana na Alemanha para trocar opiniões sobre o andamento de suas economias.

Contudo, com agravamento das tensões na península coreana deveria estar.

Não se pode tolerar o que os EUA e a Coreia do Sul  estão fazendo: exercícios militares de provocação à República Popular Democrática  da Coreia.

Estão, inocentemente talvez, brincando com fogo.

A China e a Rússia estão no dever de convocar as demais nações do G 20 a exigir dos transgressores atitudes firmes em defesa da paz na região.

Uma  guerra nuclear poria fim à humanidade

Nenhum comentário :