quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Companhia russa planeja viagens turísticas ao espaço

                                    

Uma companhia russa irá conduzir o primeiro voo de teste de uma aeronave espacial turística em 2019-2020.
A empresa deverá aplicar preços mais baixos que os vigentes em serviços congéneres anteriores, segundo informou um executivo na terça-feira (dia 14).

A produção da cápsula sub-orbital será iniciada em 2018, segundo informações da agência noticiosa RIA Novosti, que cita Pavel Pushkin, presidente da empresa CosmoCourse.

De acordo com Pushkin, a aeronave será lançada a partir do Cosmódromo Russo Kasputin Yar ou do Cosmódromo Baikonur, no Cazaquistão.

Os turistas, após três dias de treinamento e observação médica, realizarão uma viagem de 15 minutos a uma altitude de 180 a 220 quilómetros, em grupos compostos por seis turistas e um técnico.

Para experienciar o estado de imponderabilidade (ausência de “peso”) durante cerca de cinco minutos, o custo varia entre 200 mil e 250 mil dólares por pessoa, segundo publicado pela CosmoCourse no seu website.

A Agência Espacial Federal Russa organizou anteriormente visitas à Estação Espacial Internacional, entre 2001 e 2009, com os preços por turista a ascenderem aos 35 milhões de dólares.

“Várias pessoas expressaram já o seu interesse em viajar [ao espaço] e aguardam ansiosamente pela observação médica”, afirmou Pushkin, acrescentando que a empresa iniciará a reserva de bilhetes a partir de 2018.

A CosmoCourse foi estabelecida em 2014 pelo criador de alta tecnologia Skolkovo Foundation.

(Com o Diário do Povo)

Nenhum comentário :