quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

ONU responde a Trump e diz que solução de dois Estados é 'único caminho' para paz entre Palestina e Israel

                                                              
Nickolay Mladenov, enviado da ONU para o Oriente Médio, reafirmou nesta quinta-feira (16/02) em reunião do Conselho de Segurança o compromisso da organização com Estado palestino independente

A ONU defendeu  que a "solução de dois Estados é o único caminho" possível para a paz entre israelenses e palestinos, um dia após o presidente norte-americano, Donald Trump, abandonar o compromisso de duas décadas dos EUA com tal saída para a crise na região.

"A solução de dois Estados continua sendo o único caminho para conseguir as legítimas aspirações nacionais dos dois povos", disse o enviado das Nações Unidas para o Oriente Médio, Nickolay Mladenov, durante uma sessão a portas fechadas do Conselho de Segurança da organização para debater o tema.

“Alguns podem ter a ilusão de que o conflito pode ser ‘administrado’ indefinidamente”, disse Mladenov. “Que a ausência de uma estratégia clara para avançar a paz é uma estratégia em si.” O enviado da ONU pediu que lideranças israelenses e palestinas “contemplem cuidadosamente o futuro”, que, segundo ele, pode se construir com base em “conflito perpétuo, extremismo crescente e ocupação”.

Antes da reunião, embaixadores de França, Suécia e Reino Unido presentes na reunião do Conselho de Segurança expressaram à imprensa presente o apoio de seus países à criação de um Estado palestino.

Em entrevista coletiva junto ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, na Casa Branca quarta-feira (15/02), Trump afirmou que a paz no Oriente Médio não passa necessariamente pela criação de um Estado palestino.

(Com Opera Mundi)

Nenhum comentário :