sábado, 27 de abril de 2013

Chapa Prudente de Morais ganha a eleição na ABI


                                                               
Com 188 votos válidos, a Chapa Prudente de Morais venceu a eleição na ABI, realizada nesta sexta-feira, dia 26 de abril. Maurício Azêdo e Tarcísio Holanda concorreram à reeleição para os cargos de presidente e vice-presidente da entidade. Cerca de 200 associados participaram do pleito, superando o quórum de 134 votantes totalizados na eleição transcorrida em 27 de abril de 2012.

A Chapa Prudente de Morais foi construída em torno da defesa das liberdades de expressão e de imprensa e dos direitos humanos. Entre os projetos apresentados pelo grupo estão a continuidade da campanha de ampliação do quadro social e reintegração dos sócios afastados; melhoria e ampliação dos serviços prestados aos sócios, sobretudo no campo da assistência médica; aperfeiçoamento dos serviços culturais e promoção de oportunidades de lazer e de confraternização dos sócios; reativação do Centro de Memória do Jornalismo e da Vida Contemporânea, e criação do Currículo Coletivo dos Jornalistas Brasileiros, para que a memória dos profissionais de imprensa ganhe registro fiel.

Após o anúncio do resultado, o presidente reeleito Maurício Azêdo agradeceu a participação em peso do corpo social e aplaudiu o resultado do pleito.

— A votação de hoje constituiu uma resposta rigorosa do quadro social à campanha de calúnia e difamação feita contra nossa entidade por um bando de associados liderado pelo senhor Domingos Meireles. Tal resultado mostra que essa campanha não criou raízes no corpo social, que elevou em 50% a sua participação na votação em relação às eleições passadas, evidenciando que, no que depender de seus associados, a ABI continuará como entidade forte e vigorosa, em defesa da liberdade de expressão, da liberdade de criação e dos direitos humanos, causas que constituem o centro da atuação da diretoria que tenho a honra de presidir e que agora é contemplada com o voto livre e consciente.

Foram eleitos Fichel Davit Chargel para diretor administrativo; Sérgio Caldieri para diretor financeiro; Ilma Martins da Silva para Diretora de Assistência Social; Henrique Miranda Sá Neto para diretor de Arte e Cultura e Alcyr Cavalcanti para diretor de Jornalismo.

O Conselho Consultivo será formado pelos seguintes nomes: Ancelmo Góis, Aziz Ahmed, Chico Caruso, Miro Teixeira, Nilson Lage, Teixeira Heizer e Villas-Bôas Corrêa.

Para o Conselho Fiscal da entidade foram eleitos Adail José de Paula, Dulce Tupy Caldas, Geraldo Pereira dos Santos, Jarbas Domingos Vaz, Jorge Saldanha de Araújo, Lóris Baena Cunha e Manolo Epelbaum.

Integram o Conselho Deliberativo: Efetivos – André Moreau Louzeiro, Benício Medeiros, Bernardo Cabral, Carlos Alberto Marques Rodrigues, Dulce Tupy Caldas, Fernando Foch, Germano de Oliveira Gonçalves, João Máximo, Marcelo Tognozzi, Milton Temer, Maria Ignez Duque Estrada Bastos, Mário Augusto Jakobskind, Sérgio Cabral, Sérgio Caldieri e Zilmar Borges Basílio. Suplentes – Antônio Calegari, Aluízio Maranhão, Carlos de Sá Bezerra, Daniel Mazola, Gilson Monteiro, Ilma Martins da Silva, José Cristino Costa, Luiz Carlos Azêdo, Manoel Pacheco, Marceu Vieira, Miro Lopes, Moacir Lacerda, Paulo Gomes Netto, Vilson Romeno e Yacy Nunes.

Nenhum comentário :