sexta-feira, 26 de abril de 2013

Em discussão a greve de 24 horas no Banco do Brasil


                                                                
O funcionalismo do Banco do Brasil decide em assembleias por todo o país a paralisação de 24 horas no dia 30 de abril, em protesto contra os ataques aos direitos conquistados com muitas greves na última década e que o BB retirou num só golpe com a implantação do plano de funções comissionadas, que elimina efeitos das conquistas de 36% de aumento real no piso e 16% de aumento real nas gratificações de funções e verbas internas. O plano reduz ainda as gratificações de funções em até 80% e elimina a percepção da conquista da carreira de mérito. 

Vários sindicatos fazem assembleia nesta  sexta 26 e alguns na segunda-feira 29

Nenhum comentário :