terça-feira, 27 de outubro de 2015

Sindicato dos Bancários de BH comemora 83 anos de resistência e luta neste 27 de outubro

Posse da primeira diretoria do Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte

Ao completar 83 anos de história nesta terça-feira, 27 de outubro, o Sindicato dos Bancários de BH e Região é exem
plo de luta e de trajetória vitoriosa construída pela categoria bancária. Criado em 1932, no primeiro governo de Getúlio Vargas, o Sindicato surgiu em uma época de grandes transformações políticas no Brasil e na capital mineira.

Os bancários de Belo Horizonte e região sempre somaram forças aos demais sindicatos de bancários do país e lutaram por questões fundamentais, como horas extras, salário, políticas econômicas e sociais, defesa do patrimônio público brasileiro, entre muitas outras.

O Sindicato marcou sua força através de importantes momentos, como a primeira greve sob seu comando, em 1946, na resistência à ditadura das décadas de 1960 e 1970, quando enfrentou os governos militares, clamou por democracia e garantiu espaço para os bancários no processo de abertura política.

Em 1987, filiou-se à CUT e, na década de 1990, durante o governo neoliberal de FHC, lutou contra a privatização dos bancos públicos, a perda de direitos conquistados com grande esforço e contra a precarização das condições de trabalho. Além disso, a entidade reagiu contra a política de reajuste zero imposta aos bancários da CAIXA e do Banco do Brasil.
                                                              
Armando Ziller, um dos maiores líderes bancários de todos os tempos
Hoje, o Sindicato segue forte e reafirma seu importante espaço no cenário político, sendo protagonista de mobilizações em defesa de direitos e das campanhas nacionais dos bancários. Em 2015, realizou uma grande greve, com duração de 21 dias e chegando a mais de 70% das unidades de trabalho de sua base paralisadas. A força dos bancários conquistou reajuste de 10% nos salários, pisos e PLR, além de 14% nos vales refeição e alimentação.

Desde 2004, a luta da categoria bancária vem conquistando aumento real ano a ano, além de melhorias na PLR e diversos avanços em questões de saúde, igualdade de oportunidades e segurança bancária.

Nenhum comentário :