quarta-feira, 9 de novembro de 2016

PCP divulga programa de atividades em comemoração ao centenário da Revolução de Outubro

                                                                  

2017 marcará o centenário da Revolução socialista na Rússia e para comemorar e recordar aquele feito, o Partido Comunista Português elaborou um programa de atividades que serão realizadas ao longo do ano que vem.

Sob o lema “Centenário da Revolução de Outubro – Socialismo: exigência da actualidade e do futuro”, variadas iniciativas abordarão todos os aspectos relacionados à Revolução Soviética.

As comemorações terão seu início em 28 de janeiro, numa sessão pública em Lisboa em homenagem ao povo soviético e ao Exército Vermelho, que em 27 de janeiro de 1945 libertou o campo de extermínio nazista de Auschwitz.

Entre os meses de fevereiro e novembro serão organizados ciclos de debates sobre o progresso e o desenvolvimento proporcionados pelo socialismo, instaurado primeiramente na Rússia, bem como seus avanços e recuos a nível internacional.

Debates descentralizados realizados em datas especiais da Revolução de 1917 irão “analisar, avaliar e divulgar os avanços e conquistas e o seu impacto mundial, em confronto com os problemas, as ameaças e os perigos que o imperialismo representa para a humanidade”, informa o PCP.

No dia 9 de maio será comemorado em Lisboa o Dia da Vitória da URSS contra o nazifascismo na 2ª Guerra Mundial, ocorrido neste dia em 1945.

A capital portuguesa também será palco, em junho, do seminário “Socialismo: exigência da actualidade e do futuro”, abordando o processo histórico do capitalismo ao socialismo, especialmente Outubro e a construção do socialismo ao longo do século XX e sua necessidade atual.

Na festa do jornal Avante! haverá um dos principais momentos da comemoração, com uma grande exposição destinada à classe trabalhadora, à juventude e a todo o povo sobre as conquistas e as experiências de ditadura do proletariado.

O ápice das comemorações será o dia 7 de novembro, data da tomada do poder pelos bolcheviques em 1917. Um grande comício será realizado no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, além de outras iniciativas.

Por último, o encerramento das comemorações do centenário da revolução socialista na Rússia será em 9 de dezembro, no Porto, com apresentações culturais.

“As comemorações valorizarão a enorme dimensão dos avanços da Revolução de Outubro no campo da cultura e da arte e assinalarão a sociedade socialista de amanhã como a única capaz de assegurar a libertação e realização do ser humano, da sua felicidade e bem-estar”, informa o partido.

Durante todo o ano de 2017 o PCP levará a cabo iniciativas de divulgação de filmes, peças de teatro e outras obras de arte sobre a Revolução de Outubro. O Avante! e a revista O Militante dedicarão espaços ao assunto e uma página na internet sobre a Revolução será inaugurada.

Além disso, serão editadas obras reunindo textos de Lenin e do histórico dirigente comunista português Álvaro Cunhal sobre a Revolução de Outubro. Também se reeditará a obra Dez dias que abalaram o mundo, do escritor e jornalista estadunidense John Reed.

Ademais, serão desenvolvidas um conjunto de iniciativas para a juventude sobre a importância e o significado da Revolução de Outubro para os jovens, “os graves problemas criados à juventude pelo capitalismo e a necessidade do socialismo para assegurar os seus direitos e concretizar os seus sonhos e aspirações”.

“Partiremos para essas comemorações afirmando a Revolução de Outubro como a realização mais avançada no processo milenar de libertação da humanidade de todas as formas de exploração e opressão, honrando e homenageando os seus obreiros, as grandes conquistas e realizações políticas, económicas, sociais, culturais, científicas e civilizacionais do socialismo na URSS e o seu imenso contributo para o avanço da luta emancipadora dos trabalhadores e dos povos”, declarou Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP na apresentação do programa das comemorações.

Nenhum comentário :