segunda-feira, 14 de novembro de 2016

TALES SANTOS “REENCONTRANDO AMIGOS”



16 de novembro – Quarta-feira – 20:30 horas 
Teatro de Câmara - Cine Theatro Brasil Vallourec
Ingressos – R$ 28,00 (inteira) R$ 14,00 (meia)
Ingressos à venda pelo telefone 2626.1251 
no site www.compreingressos.com e nas bilheterias do Cine Brasil

Apesar de seus pais morarem em Belo Horizonte, o violonista Tales Augusto de Vieira Santos, nasceu em Vespasiano em 28 de novembro de 1984, mas sempre viveu em Belo Horizonte. 

Em 1999, com 14 anos de idade, após assistir um show na Serraria Souza Pinto, no dia em que Toquinho apresentava Yamandú Costa ao público, chegou em casa e disse: “Pai, vou tocar igual ao Toquinho”. Ao que, em tom de desafio, o pai lhe respondeu: “Quem é você?” 

Pouco tempo depois o pai teve o maior prazer em perder aquele desafio; o “danadinho” estava tocando maravilhosamente bem; e com um repertório refinadíssimo para um menino de sua idade. Já em 2001, com 16 anos, teve a oportunidade de ser ouvido pelo produtor cultural Cláudio Márcio (CLAMA), que o apresentou ao grande violonista das Minas Gerais, Beto Lino. 

Vejam o que disse o Hilton Santos, pai do Tales: “Naquele dia parece que, para quem acredita em outras vidas, tal como eu, acontecia um reencontro de talentos e retomada de amizade. Beto Lino imediatamente o convidou a fazer parte de um show que seria levado no Palácio das Artes, com presença de Vilson Balbino, Nem Viana, Orlando Soares, entre outras feras da música. 

Confesso que tive um pouco de receio da grandeza do projeto. Mas, mais uma vez o “danadinho” derrubou minhas barreiras. Foi uma apresentação espetacular, com direito a um elogio no camarim, do grande violonista Juarez Moreira.”

Tales não tem a música como profissão, pois foram muitas resistências encontradas. Mas isto nunca o frustrou. Estudou e formou-se em Ciências da Computação, exercendo esta atividade em empresa de renome em BH. Mas a música não ficou de lado. Sempre tocou com muito prazer e alegria, buscando sempre enriquecer seu repertório e aprimorar a qualidade da execução. 

Surge agora, a oportunidade de se reencontrar no palco com os amigos e grandes músicos Beto Lino (violão), Orlando Soares (sax e flauta) e Cristiano Lellis (percussão). 

Este grande reencontro musical é assinado pelos produtores Tadeu Martins e Luiz Trópia, que já haviam colocado o artista para abrir um show do projeto Quinta Cultural, quando Tales Santos ainda não tinha 17 anos.

Vale a pena ouvir este talentosíssimo violonista.

Nenhum comentário :