terça-feira, 12 de abril de 2016

Historiadores anunciam ter encontrado descendentes diretos vivos de Leonardo Da Vinci

                                                                       
Pesquisa que identificou descendentes durou 43 anos; familiares vivos serão revelados durante conferência na quinta-feira 

Dois historiadores da Itália anunciaram na segunda-feira (11/04) terem encontrado descendentes diretos e vivos do pai de Leonardo Da Vinci, Piero, colocando um possível fim ao mito de que a família Da Vinci teria sido extinta.

Os italianos Agnese Sabato e Alessandro Vezzosi passaram 43 anos buscando arquivos e rastreando tumbas na Espanha e na França para tentar reconstruir a história da família de Leonardo.

O pintor, engenheiro, matemático, filósofo e naturalista italiano nasceu em 1457 e morreu em 1519.

Ao longo de sua busca, a dupla ainda conseguiu traçar a árvore genealógica de Da Vinci e identificar as sepulturas de seus familiares.

Os resultados mais detalhados da pesquisa serão divulgados numa conferência na quinta-feira (14/04), chamada “Leonardo Vive”, que pretende celebrar o 564º aniversário do pensador.

Durante o evento, serão revelados os descendentes, alguns dos quais já foram informados e devem comparecer à conferência. “A lista inclui alguns nomes surpreendentes”, disse Vezzosi, que é diretor do Museu Ideal Leonardo Da Vinci, à imprensa.

Para ele, a descoberta também tem caráter científico, visto que poderá permitir que cientistas isolem o DNA Da Vinci, “15 gerações depois”.

(Com Opera Mundi)

Nenhum comentário :