quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

E a greve dos eletriciários continua

                                                                         
                                                                                                                                       Reprodução de imagem da internet

Depois de dar um sonoro não à proposta da Cemig, nesta quinta-feira os eletricitários seguem mobilizados para fortalecer a greve. O resultado das assembleias realizadas na quarta-feira, 16, foram entregues  oficialmente à direção da empresa e o Sindieletro cobra da direção da estatal avanços nas negociações do ACT e da PLR.

Apesar da pressão da empresa para influenciar as deliberações dos eletricitários, o recado da categoria nas assembleias unificadas realizadas na última quarta-feira, 16, foi claro: 95% dos trabalhadores disseram não à proposta da Cemig e sim para a continuidade da greve!

Com essa resposta os eletricitários mostram que a greve só vai terminar quando a Cemig atender a pauta prioritária da categoria, cumprindo os compromissos de campanha do governador Fernando Pimentel e do presidente da estatal, Mauro Borges.

A luta da categoria é por:
• PLR 100% linear;
• Garantia de primarização das equipes multifuncionais (duplas de eletricistas responsáveis pelos serviços emergenciais e comerciais);
• Retirada da proposta que reduz o capital do seguro de vida em grupo;
• Negociação da ação sobre a verba do PCR de 2007/2008 (1%);
• Retirada da ratificação dos sindicatos nos programas de demissão voluntária (PDVP);
• Não pagamento dos dias parados e garantia de não punição aos trabalhadores por motivo de greve;
Enquanto essa pauta prioritária não for atendida, continuaremos de braços cruzados. (Com o Sindieletro)

Nenhum comentário :