segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

"NYT" publica editorial em primeira página para pedir maior controle de armas nos EUA



                             
                                    Há 95 anoso jornal não publicava um editoral na capa

Pela primeira vez desde 1920, o jornal americano The New York Times divulgou no sábado (5/12) um editorial em sua primeira página para pedir o controle de armas depois do último tiroteio sangrento nos Estados Unidos.

A publicação defende que certos tipos de arma e e munições devem ser proibidas aos cidadãos particulares. "É um ultraje moral e uma desgraça nacional que os civis possam comprar legalmente armas projetadas especificamente para matar gente com velocidade e eficiência brutais", diz um trecho do texto.

O artigo foi veiculado poucos dias depois que um casal participou de um massacre que deixou 14 mortos e 21 feridos na Califórnia. Foi o tiroteio mais fatal nos Estados Unidos desde o ataque contra uma escola de Connecticut em 2012 e é investigado como um "ato de terrorismo".

O NYT lamentou ainda o fato de que, diferentemente de outros países afetados pela violência armada, os EUA não tentam remediar a situação. "Os políticos os incitam a se converter em assassinos ao criar um mercado de armas para eles e os eleitores permitem que estes políticos permaneçam em seus postos", observou.

O presidente e diretor do New York Times, Arthur Ochs Sulzberger Jr, esclareceu que o editorial foi publicado na primeira página para "entregar uma forte e visível declaração de frustração e angústia pela incapacidade de nosso país em enfrentar o flagelo das armas". (Com o Portal Imprensa)

Nenhum comentário :