sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Trabalhadores da TV Alterosa vão parar suas atividades se 13º salário não for pago

                
                                                                  
Os trabalhadores da TV Alterosa decidiram paralisar suas atividades, a partir de segunda-feira, em dois períodos (10h e 16h), até o pagamento do décimo-terceiro. No mesmo dia, às 13h, será feita uma assembleia de todos os trabalhadores do Estado de Minas (administração e jornalistas) na porta do jornal, a partir das 13h. 

Ainda no mesmo dia, serão feitas três assembleias no parque gráfico (12h30, 15h30 e 20h30) para decidir sobre paralisação. Os sindicatos que representam todos os trabalhadores do grupo montaram uma comissão e estão agindo conjuntamente em todas as instâncias para garantir direitos.

No Correio Braziliense, uma das empresas do grupo, apesar do atraso, o benefício foi quitado essa semana. Em todos outros jornais, tevês e rádios da capital ele já foi pago. Na segunda-feira, será ajuizada uma ação na Justiça do Trabalho exigindo o pagamento imediato do benefício natalino, com multa revertida para o trabalhador. Também foi chamada na manhã da segunda-feira uma reunião de urgência na Delegacia Regional do Trabalho (DRT) para discutir o assunto.

"Já está em curso no Ministério do Trabalho inquérito que apura o descumprimento recorrente pelo grupo dos direitos dos trabalhadores, que não vão ficar inertes – como deseja e pressiona a empresa – e lutarão pelos seus direitos. Os sindicatos e os trabalhadores não são responsáveis por nenhuma das mazelas do grupo e não vão aceitar qualquer tipo de pressão ou práticas antissindicais", afirma nota publicada no  informativo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais.

Nenhum comentário :